A importância da leitura na infância e sugestões (por idade)

Cada vez mais as novas tecnologias vem ganhar mais terreno junto dos mais novos (parece até que antes de saberem escrever o próprio nome já sabem mexer num tablet) e o gosto pela leitura num suporte físico dá a sensação de ser deixada para trás.

Desengane-se quem acha que os livros, em papel, não tem nada a acrescentar.

O hábito da leitura ou de ler uma história:

  • constitui um momento único de lazer e aprendizagem entre pais e filhos,
  • ajuda ao desenvolvimento da linguagem,
  • por se fazerem ouvir palavras novas não tão usadas no discurso corrente,
  • melhora a concentração e,
  • desce a probabilidade de insucesso escolar e faz sonhar.

Para além de que alguns contos os fazem ter uma noção maior de empatia por se depararem com personagens e situações que não lhes são familiares.

Leitura dos 0 aos 2 anos

Nesta idade o mais importante é mexer, folhear e dar-lhe voltas ao livro. São aconselhadas histórias curtas, muitas imagens, texturas e sons.

 

Leitura dos 3 aos 5 anos

Aqui começam a aparecer os números e as letras, livros que dão para interagir com espaços para completar, para colorir ou mesmo para aprender a atar os cordões. As histórias são simples, com poucas personagens para que não se perca o “fio à meada” e os temas básicos e que não lhe são estranhos, como a amizade.

 

Leitura dos 6 aos 8

A curiosidade precisa de ser alimentada e surgem outros géneros adaptados a esta faixa etária como a ação, aventura e valores.

 

Leitura a partir dos 9

Na idade dos factos o melhor é começar a introduzir livros com dados históricos e enciclopédias. Aprender coisas novas é emocionante!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

18 + 4 =